Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1893/26019
Appears in Collections:Faculty of Health Sciences and Sport Journal Articles
Peer Review Status: Refereed
Title: Dimensões da motivação para correr e para participar de eventos de corrida
Other Titles: Dimensions of motivation to run and to attend running events
Author(s): Gratao, Otavio
Rocha, Claudio M
Contact Email: claudio.rocha@stir.ac.uk
Keywords: Corrida
Exercício
Eventos
Gestão Esportiva
Issue Date: 2016
Citation: Gratao O & Rocha CM (2016) Dimensões da motivação para correr e para participar de eventos de corrida, Brazilian Journal of Science and Movement, 24 (3), pp. 90-102.
Abstract: O exercício físico é uma das indicações da “World Health Organization” (WHO) para se ter um estilo de vida saudável. Apesar de ser uma informação de conhecimento da maioria, o sedentarismo ainda atinge um grande número de indivíduos. Dentro deste contexto, a corrida de rua vem se tornando uma alternativa de exercício físico cada vez mais popular para combater o sedentarismo e também como forma de lazer. Assim, este estudo teve como objetivo comparar corredores que têm optado por correr com uma orientação profissional (corredores orientados) e aqueles que correm sem orientação (corredores autônomos) em suas motivações para correr e para participar de eventos de corrida de rua. Os sujeitos foram adultos participantes de uma corrida de rua na cidade de Ribeirão Preto (n = 599). Foram medidas cinco dimensões da motivação: divertimento, competência, aparência, fatores sociais e saúde. Os resultados mostraram que os participantes eram bastante motivados nas cinco dimensões. Em termos descritivos, saúde foi considerada a dimensão mais importante tanto para correr como para participar de eventos. Contudo, os motivos de saúde não diferiram quem busca uma orientação para correr e quem corre por conta própria. Entretanto, existem diferenças entre corredores orientados e corredores autônomos nos motivos de “competência” e “fatores sociais” para correr e no motivo “fatores sociais” para participar de eventos. Os corredores orientados tiveram índices maiores de motivação em relação aos corredores autônomos tanto para correr como para participar de eventos de corrida. Do ponto de vista da gestão do esporte, o resultado mais importante do presente estudo foi que corredores orientados apresentaram maiores níveis em relação aos corredores autônomos nas suas motivações de competência e de interações sociais.
URL: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/5987
Rights: The publisher does not allow this work to be made publicly available in this Repository. Please use the Request a Copy feature at the foot of the Repository record to request a copy directly from the author. You can only request a copy if you wish to use this work for your own research or private study.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gratao.Rocha.16_Corrida_RBCM.pdf290.92 kBAdobe PDFUnder Permanent Embargo    Request a copy

Note: If any of the files in this item are currently embargoed, you can request a copy directly from the author by clicking the padlock icon above. However, this facility is dependent on the depositor still being contactable at their original email address.



This item is protected by original copyright



Items in the Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

If you believe that any material held in STORRE infringes copyright, please contact library@stir.ac.uk providing details and we will remove the Work from public display in STORRE and investigate your claim.